Entrar

Bem-vindos ao nosso Centro de Suporte

Obtenha ajuda com integração e campanhas ativas

Bem-vindos ao nosso Centro de Suporte. Obtenha ajuda com integração e campanhas ativas

A Criteo OneTag na sua página da lista de pesquisa

Visão geral

Uma página da lista de pesquisa mostra diversos produtos; pode ser uma página de categoria ou uma página de resultados de pesquisa. Implementar a Criteo OneTag nessas páginas permite à Criteo rastrear o interesse do usuário em uma certa gama de produtos (ou seja, produtos de uma categoria específica).

Vários usuários apenas passam por suas páginas de lista de pesquisa e de categorias sem clicar nas páginas de produtos específicos. Por isso, implementar a Criteo OneTag nessas páginas superiores é essencial para o rastreamento desses usuários.

Você deve implementar a Criteo OneTag no cabeçalho de cada página do seu site. As tags são carregadas de forma assíncrona e, por isso, não interferirão com o tempo de carregamento da página ou com a experiência do usuário.

Ao implementar a Criteo OneTag em uma página de resultado de pesquisa ou de lista de categorias, você precisará passar dinamicamente os IDs dos três principais produtos exibidos na página, e os parâmetros SiteType e Email.

A Criteo OneTag implementada em uma página de lista de pesquisa:

<script type="text/javascript" src="//static.criteo.net/js/ld/ld.js" async="true"></script>
<script type="text/javascript">
window.criteo_q = window.criteo_q || [];
window.criteo_q.push(
{ event: "setAccount", account: YOUR UNIQUE ACCOUNT ID },
{ event: "setSiteType", type: "m FOR MOBILE OR t FOR TABLET OR d FOR DESKTOP" },
{ event: "setEmail", email: "TRIMMED AND LOWERCASE USER EMAIL ADDRESS" },
{ event: "viewList", item: ["FIRST PRODUCT ID", "SECOND PRODUCT ID", "THIRD PRODUCT ID"] }
);
</script>

O evento viewList

O evento viewList é o evento específico da Criteo OneTag disparado quando a tag é implementada em uma página de resultado de pesquisa ou de lista de categorias. Os IDs dos três principais produtos exibidos ao usuário na página precisam ser passados ​​usando o parâmetro item.

 { event: "viewList", item: ["FIRST PRODUCT ID", "SECOND PRODUCT ID", "THIRD PRODUCT ID"] }

Os IDs de produto passados na tag da Criteo OneTag devem ser exatamente iguais aos IDs no seu feed de dados de produto.

Exemplo: Se os IDs dos três principais produtos exibidos na página dos resultados da pesquisa ou da lista de categorias forem A111, B234 e H556, o evento viewList ficará assim:

 { event: "viewList", item: ["A111", "B234", "H556"] }

Parâmetro setSiteType

O parâmetro setSiteType é um parâmetro dinâmico que estará presente na Criteo OneTag em todas as páginas do seu site. Se seu site tiver versões diferentes, indique qual a versão é exibida ao usuário através do parâmetro setSiteType:

  • d para desktop
  • m para celular
  • t para tablet

Se você não tiver um site específico para celular ou tablet, defina o valor como d.

O parâmetro setSiteType na versão para desktop de um site:

 { event: "setSiteType", type: "d" },

O parâmetro setSiteType na versão para celular de um site:

 { event: "setSiteType", type: "m" },

O parâmetro setSiteType na versão para tablet de um site:

 { event: "setSiteType", type: "t" },

Parâmetro setEmail

O parâmetro de email é um parâmetro dinâmico que estará presente na Criteo OneTag em todas as páginas do seu site. Este parâmetro é usado pelo Criteo Cross Device para associar usuários de diferentes dispositivos com precisão. No campo de parâmetro de email, passe o endereço de email do cliente (otimizado e convertido em minúsculas) e a Criteo o codificará por hash usando o algoritmo MD5 antes do armazenamento em nossos servidores. Emails codificados por hash são irreversíveis e anônimos, assim a Criteo não terá acesso aos endereços de email dos seus usuários.

Exemplo do parâmetro setEmail:

 { event: "setEmail", email: "user@example.com" },

Deixe-o em branco se não houver um endereço de e-mail disponível. Exemplo de parâmetro setEmail com valor em branco:

 { event: "setEmail", email: "" },

Ou você pode passar o endereço de email criptografado usando uma função de hash MD5 (link para página com alguns exemplos de diferentes linguagens de programação de funções de hash MD5). Neste caso, você deverá substituir o valor padrão "setEmail" pelo valor "setHashedEmail", como mostrado abaixo. 

Exemplo do parâmetro setHashEmail com endereço de email usuário@exemplo.com codificado por hash:

 { event: "setHashedEmail", email: "b58996c504c5638798eb6b511e6f49af" },

Deixe-o em branco se não houver um endereço de e-mail disponível.

 { event: "setHashedEmail", email: "" },
Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 0 de 0
Powered by Zendesk